Telef. : 244 823 532 / 244 826 701

Email: escolas.miniuni@gmail.com / geral@uniaodeleiria.pt

COORDENADAS GPS ACADEMIA UDL:

LATITUDE : 39°46'0.91"N
LONGITUDE : 8°45'51.89"W

30 março 2011

7ª Jornada da 2ª fase do Campeonato Distrital Sub 13 “A”

U.D.LEIRIA   12   VS   Guia  0

A contar para 7ª jornada, já na segunda volta do campeonato defrontamos em nossa casa a equipa do Guia. Com uma vitória para o Leiria de 4-1, na primeira volta, onde muitas foram as ocasiões de golo não concretizadas, sabíamos e tínhamos a consciência que iria ser um jogo bem disputado e renhido até ao último minuto, tal e qual como foi na primeira volta.


Convocados: Fábio (1), João (12) (Guarda-redes), Alex (23), André (24), António (20), Toni (51), Botas (77), Gonçalo (10), João Afonso (5), Jordão (7), Luis Miguel (18), Luisinho (8), Marto (6), Pedro Correcio (9).

Não Convocados: Rente

Marcadores/Golos: Pedro Correcio (4), Jordão(2), Alex (2), António Botas, Luisinho, Luís Miguel

Equipa Técnica: Zeca, Domi e Joana

Aos 6 minutos de jogo, tivemos a possibilidade de abrir o marcador, através de um remate de Jordão. Ao terminar a primeira parte o marcador, assinalava 5-0. O empenho, insistência e trabalho de equipa, ajudaram os nossos atletas a criar bonitas jogadas e a ter várias oportunidades de golo, finalizando o jogo com um resultado de 12-0.
Parabéns Equipa e toca a trabalhar para mais um confronto entre Leiria e Marrazes.

Joana Coutinho

TREINADOR PETIZES "A" DEU ENTREVISTA A "O DERBIE"

Adélio Amaro, depois de uma carreira como jornalista e agora como empresário (Editor) abraçou, também, a de treinador. Com enorme sucesso está a treinar a equipa de Petizes A da União Desportiva de Leiria, desde o início da época, e ambiciona continuar no Clube. Recentemente colocou esta equipa em terceiro lugar na Liga Zon Kids, em Massamá, onde o Sporting alcançou os dois primeiros lugares. Gosta de apontar e esquematizar todos os trabalhos de treino e jogos e até um simples guardanapo de café serve para apontar ideias, guardando-o no bolso do casaco, como aconteceu aquando da nossa entrevista. Adélio Amaro diz ver o futebol de “forma diferente” e fica com os olhos húmidos quando fala dos feitos dos seus “meninos”. Este unionista de alma e coração, sócio vai para 20 anos, escolhe Vítor Pontes, Paulo Duarte e Pedro Caixinha como treinadores de eleição.

A sua equipa ficou, recentemente, em terceiro lugar na Liga Zon Kids, em Massamá, um torneio nacional onde marcaram presença os clubes de maior destaque de Portugal. Esperava esse lugar?

Foi um torneio muito interessante. Os jogadores levantaram-se às 6h30 da manhã e fizeram 6 jogos num dia. Foi muito duro. Mas, a dedicação deles foi exemplar. Jogaram com as equipas de maior referência a nível nacional, venceram todos os jogos e apenas perderam com o Sporting o que permitiu alcançar um honroso 3.º lugar, entre 18 equipas. Foi um dia interessante, onde os pais tiveram um papel preponderante no apoio organização na participação nesta iniciativa. O objectivo era passar a fase de grupos. Para tal, era necessário ganhar 3 dos 4 jogos do grupo. Foi o que aconteceu. Depois a luta foi com a Sporting e a Benfica. A primeira colocou duas equipas nos dois primeiros lugares e a segunda perdeu connosco, ficando, assim, o terceiro lugar para a União de Leiria. Por isso, por todo este esforço e esta dedicação, digo e dedico este triunfo aos jogadores e aos pais. O prémio é deles. Eu, apenas, tento levar a efeito o meu trabalho de treinador que vai além dos treinos. Tudo, treinos e jogos, têm de ser pensados e esquematizados.

Como surgiu o convite para treinar?
O convite surgiu do União Desportiva de Leiria. Esta foi sempre a minha equipa. Ao contrário da maioria das pessoas, não sofro de “amores” por nenhum dos chamados “grandes”.
Quando esse convite surgiu eu tinha outros dois clubes interessados, até para outros escalões, mas não resisti ao meu Clube. Antes de treinar estudei a psicologia infantil para entender as crianças. Durante dois anos dei aulas (Actividades Extra Curriculares) apenas para entender o comportamento das crianças. Depois surgiu a frequência no curso de Monitores de Futebol de 7 da Associação de Futebol de Leiria.

Que balanço faz dos primeiros meses à frente dos Petizes da U. Leiria?
Este escalão é aquele que quase nenhum treinador pretende. Todos ambicionam outros escalões. Aceitei o desafio e fui, lentamente, moldando a equipa aos princípios que durante dois anos fui estudando e anotando. Aos poucos a equipa foi correspondendo e fui fazendo amigos entre os jogadores. É disso que se trata – nós somos um grupo de amigos. O balanço, na minha modesta opinião, é bastante positivo. Dos 20 jogos que fizemos vencemos 15, empatamos 2 e perdemos 3, sendo de salientar que duas derrotas foram frente ao Sporting da Academia de Alcochete. A equipa marcou mais de 100 golos e apenas sofreu 37. Sei que não fica bem a um treinador falar nestes moldes. Mas, tenho que salientar que estes números são fruto da dedicação daqueles meninos e do apoio que os pais lhe dão. E, é muito interessante observar que todos eles são bons alunos.
Mas, independentemente dos resultados, o mais importante é a amizade e o convívio entre eles, não esquecendo que estão numa Academia e como tal estão a receber formação para uma modalidade que é o futebol.
Resumindo, acho que o balanço é muito positivo e isso devo-o a todos os jogadores, mesmo todos, e aos pais que têm sido uma verdadeira equipa.

Sei que recebeu, recentemente, convites para treinar equipas de Sub 12 de outros clubes. No fim da época vamos ver o Adélio Amaro a treinar uma equipa de outro escalão num noutro clube?
(Risos) Sabe?! As notícias espalham-se rapidamente. Não passaram de meras conversas. Eu não procuro nada. Aquilo que pretendo é servir a minha equipa e o meu Clube. Tenho um acordo com a União Desportiva de Leiria, tenho um compromisso com esta equipa e vou honrar a minha palavra até ao fim da época. Depois, espero continuar no Leiria. Esse é o meu objectivo. Mas, não depende só de mim. As propostas que surgiram ou venham a surgir têm de ser reencaminhadas para o Leiria. E, que eu saiba, ainda não lá chegou nenhuma.

Mas, e se surgir uma proposta tentadora para treinar uma equipa de formação num outro clube?
Tentadora? Mais tentadora do que treinar na União Desportiva de Leiria? Acho isso muito difícil. Repare, a Academia da União de Leiria tem dado muitos frutos. Tem desenvolvido um papel muito interessante na formação. Quer se goste ou não, a União de Leiria está a revelar valores. Fruto disso são os jogadores que começam a aparecer nas equipas seniores.
Portanto, uma “proposta tentadora” é continuar a trabalhar com a União Desportiva de Leiria.

Isso significa um outro escalão que não os Petizes?
Isso significa União Desportiva de Leiria. E, treinar os Petizes, neste momento, para mim, é uma honra. Esta tem sido uma equipa, no seu global, jogadores, pais e familiares, muito interessante. É uma equipa que consegue, em determinados momentos, ter meia centena de adeptos, como aconteceu em Massamá onde os pais alugaram uma carrinha de 26 lugares e mais alguns carros, para acompanhar a equipa. Isto chama-se empenho e valorização perante um Clube que se chama União Desportiva de Leiria. Chegar a um torneio como aquele e colocar o nome do União de Leiria no meio de outros clubes de grande referência é para nós gratificante. Eu não sei se o sucesso desta equipa se deve ao treinador. Agora, sei e tenho a certeza que o sucesso é composto por jogadores e pais. Ambas as partes vestem a camisola leiriense e não se cansam de gritar “União”.
Os Petizes são a base de qualquer formação. Quem pensar o contrário está bem enganado. E, digo-lhe, sei o que quero, sei para onde quero ir mas não sei as “passadeiras” que me colocam à frente, porque nunca pensei que uma equipa tão humilde como esta fosse alvo de tantas questões que por vezes estragam o futebol.

Está a falar de quê, concretamente?
Não vou referir. Não quero contribuir para polémicas. Apenas quero contribuir para a formação de crianças. Formação que não pode passar pela ilusão de se querer ser um “Ronaldo” mas, sim formação para ser um adulto equilibrado e que no futuro possa ouvir dizer da boca destas crianças que «o futebol como modalidade, como grupo, como convívio e como formação contribuiu para a minha valorização pessoal e para o meu crescimento como jovem». Tudo o resto são sonhos que por vezes estragam essa valorização.

Quais as suas ambições como treinador?
Neste momento as minhas ambições passam por esta equipa. Tenho ambições para o futuro. Mas, ficam para mim. Apenas quero evoluir dentro deste Clube.

Gostava de treinar uma equipa de futebol de 11?
Claro que sim. Mas, para já, antes de conseguir treinar qualquer equipa de futebol de 11 gostava de fazer um estágio com um treinador de eleição. Tenho estudado várias coisas relacionadas com o futebol, principalmente de espanhóis e brasileiros, e entendo que o futebol também é evolução a começar no relacionamento entre treinador e jogadores. Mas, isso são outras coisas…

Quais são os treinadores de eleição para si?
Todos aqueles que ajudaram a União Desportiva de Leiria a ser um clube de I Liga são para mim os treinadores de eleição. E, parece, que um deles é o melhor treinador do Mundo, outro ainda é Campeão Nacional, outro campeão no Egito… Mas, não esqueço duas referências para a União Desportiva de Leiria: Vítor Pontes e Paulo Duarte. Neste momento, o treinador de eleição é o Pedro Caixinha.

Como analisa o sucesso da formação da U. Leiria?
Eu não sou a pessoa certa para falar do sucesso da formação. Mas, o trabalho desenvolvido nos últimos anos, com muito esforço sei do que estou a falar, tem mostrado bons resultados. Todos conhecem o Ruben Brígido, entre outros. E, isso é resultado da formação do Leiria. Isso é resultado dos treinadores de formação do Leiria.
Não é por nada que Sporting, Benfica e Porto conhecem bem o fax e o endereço electrónico da formação do Leiria. Fico-me por aqui.

O Adélio já foi jornalista. É mais difícil ser jornalista ou treinador?
São tarefas totalmente diferentes. Difícil seria ser jornalista e treinador.

Cid Ramos

29 março 2011

C.D. INFANTIS SUB 13 "B" - 7ª jornada



Caldas  2   VS  U.D.LEIRIA " B"  4

Alinharam: Pepe ( guarda-redes ); Gonçalo ( guarda-redes ), Bernardo, Leonardo, Josué, Rodolfo, Guilherme, Wilson. Lourenço, Dennis, Mendes, Luis, Miguel e Ricardo

Director Desportivo: João Almeida
Treinador: Rui Dias
Treinador-adjunto: Gonçalo

Uma temperatura amena caraterizou este jogo aguardado com expectativa, dado estarmos perante as duas melhores equipas do grupo o que aliás é confirmado pela respectiva classificação no mesmo.-
Registou-se uma excelente moldura humana nas bancadas o que proporcionou
um ambiente quente e entusiasta.
No terreno de jogo os jogadores corresponderam e realizaram um excelente jogo.
A primeira parte iniciou-se logo com um golo do Caldas. Falha na defesa a qual foi muito bem aproveitada pelo adversário que inaugurou assim o marcador.
A equipa do Leiria manteve a calma e tentou esplanar o seu jogo o que foi conseguindo aos poucos sempre com excelente réplica por parte da equipa do Caldas.
Fruto desse trabalho imenso Lourenço num golo espectacular e cheio de poesia marcou o tento do empate.
A equipa moralizou, serenou e partiu para um excelente jogo conseguindo chegar ao 3-1.
Quando o Leiria parecia ter o controlo do jogo o Caldas que sempre replicou com qualidade consegue também fruto do seu querer chegar ao 3-2 num lance algo facilitado mais uma vez pela defesa .
Mais uma vez a equipa não tremeu e fruto de uma excelente jogada de equipa Josué rubricou um excelente golo, o quarto da equipa confirmando assim a VITÓRIA.
Um magnifico encontro de futebol, com emoção, com qualidade de parte a parte e em que a equipa do Leiria saiu vencedora, matendo assim a sua invencibilidade.
Parabens a todos os atletas e um obrigado aos Pais.
Rui Dias

DEPARTAMENTO FUTEBOL FORMAÇÃO DA U.D.LEIRIA CONVIDA



O workshop às 18:45, na Academia da U.D.Leiria em Stª Eufémia:


28 Março (2ª Feira) – Equipas Sub 12 e Sub 13
29 Março (3ª Feira) – Equipas Petizes, Traquinas e Benjamins

Logística:

Os Encarregados de Educação acompanham os atletas ao treino e durante o treino permanecem na Academia a assistir/participar no Workshop.
Os temas a abordar serão os mesmos nos dois dias:

- Psicologia do Desporto no Treino de Jovens;
 
- Tipos de Pais no Desporto;

- Papel dos Pais;

- Intervenção dos Treinadores vs Pais e Atletas;

Todos os treinadores, directores, dirigentes e colaboradores do clube, estão convidados, podendo comparecer em qualquer um dos dias, bem como os pais.

ESPERAMOS POR TODA A COMUNIDADE UNIONISTA !!

28 março 2011

BENJAMINS B - 4ª Jornada - 2ª Fase

U.D.LEIRIA "B"    5   VS    UDBatalha   2

Jogaram: Pedro Afonso e P. Raimundo (GR); Ivan Sousa, João Pedro, Ruben Durbeck, Rodrigo Pires (cap.), Toni, Miguel Simões, Duarte Nogueira, Diogo Pereira, Filipe Casais e Rodrigo Caixinha.

Marcadores: Miguel Simões, João Pedro, Diogo Pereira, Toni e Rodrigo Pires.

Jogo contra uma equipa da Batalha que, no 1ª Torneio Distrital, nos deu muito trabalho conseguindo mesmo um empate (1-1) na nossa Academia. Já alertados para esse facto entramos forte no jogo, a pressionar, a jogar bem, mostrando um agradável consolidar de princípios. Apesar da boa entrada em jogo, a equipa da Batalha foi a 1ª a marcar. No entanto, e porque o que estávamos a fazer, estava bem feito, rapidamente chegamos ao empate e demos a volta ao marcador, chegando ao 3-1. Antes do intervalo, um susto com o 2º golo da Batalha fez-nos ficar em alerta para a 2ªparte. Na 2ª parte, equipa coesa, com bons períodos de futebol, que culminaram em mais dois golos. A equipa da Batalha foi digno opositor, mas nunca pôs em causa a vitória da nossa equipa. A todos os atletas os meus Parabéns!

O treinador

André Pereira

Petizes A sobem ao pódio na Liga Zon Kids em Massamá






Jogaram e marcaram: Tomás (GR); Camejim (2); Duarte (2); Edu (5); Jhonatas (2); João Pedro (2) e (GR); Martim e Pires (2)

A equipa de Leiria ficou em 3.º lugar na Liga Zon Kids, em Massamá, ao lado das duas equipas do Sporting (Academia de Alcochete), num torneio nacional onde no escalão A (Petizes) participaram 18 equipas.
A aventura começou às 6h30, sim 6h30… quando os jogadores se levantaram para a longa jornada que se adivinhava.
A partida para Massamá, perto de Estoril e Sintra, foi às 7h45, numa carrinha de 26 lugares que os pais alugaram, mais dois carros. No total, a claque de Leiria era constituída por 35 pessoas.
Chegados ao recinto, no meio de milhares de pessoas e cerca de 700 atletas que participaram em 4 escalões, a equipa de Leiria foi conhecendo o calendário aos poucos. Calendário, nada favorável, que ditou um jogo às 12h10 (quase 3 horas de espera) e depois 5 jogos de tarde. O Grupo da UD Leiria era constituído por mais 4 equipas: Vilafranquense; Benfica (Academia de Caneças); Academia Vítor Damas e Sporting 2 (Alcochete). Para passar para a meia-final a equipa de Leiria teria de vencer 3 das 4 equipas do seu grupo.
O primeiro jogo colocou Leiria e Vilafranquense em campo. Jogo completamente dominado pelos leirienses ao vencerem por 5-1. Foi um bom começo.
No segundo jogo, os Petizes leirienses jogaram com o Benfica da Academia de Caneças. Um grande jogo, bem disputado, mas sempre controlado pela equipa de Leiria. Venceu por 1-0. Resultado que não foi maior porque o árbitro entendeu anular um golo à UD Leiria, através de uma “regra” que não constava do regulamento.
Balançada apara as vitórias a equipa de Leiria foi para o terceiro jogo, frente à Academia Vítor Damas, com a vontade de garantir a passagem para a meia-final. Sabendo que o último jogo do grupo era frente ao Sporting, a UDL entrou em campo frente à Vítor Damas disposta a resolver tudo naquele jogo. Foi o que aconteceu. Não deu hipótese. Além de dominar o encontro conseguiu uma brilhante vitória por 4-1.
O último jogo de grupo, frente ao Sporting 2 (participou com duas equipas neste torneio) a equipa de Leiria perdeu por 1-3 mas, merecia melhor sorte. Duas bolas ao poste, duas bolas à barra… Foi um grande jogo, frente a uma equipa forte. A 30 segundos do fim, quando o resultado estava 1-2, a equipa de Leiria tentou tudo por tudo para o empate mas acabou por sofrer, numa jogada de contra-ataque da equipa adversária, o 1-3.
A equipa não desanimou e estava contente por ter passado para a meia-final onde jogou com a outra equipa do Sporting. Neste jogo, as forças começaram a faltar. Eram cerca de 17 horas. Os nossos atletas já estavam de pé desde a 6h30, depois de uma viagem de 2 horas e um dia inteiro a jogar e à espera de jogar, a equipa foi para o jogo com vontade de lutar por um lugar na final. Mas, a equipa do Sporting foi mais forte e mais resistente e acabou por vencer 0-5. Entretanto, no outro encontro da meia-final a equipa do Sporting 2 venceu o Benfica (Academia do Barreiro). A final foi entre as duas equipas do Sporting e os 3.º e 4.º lugar foram disputados entre a UD Leiria e o Benfica.
Os Petizes de Leiria estavam completamente esgotados. As forças já não existiam.
Mesmo assim, não se sabe como, a equipa de Leiria foi para o sexto encontro do dia com vontade de subir ao pódio e fez tudo por tudo para conseguir arrecadar o 3.º lugar.
Entrou em campo e encostou o Benfica à defesa, marcando o primeiro golo do encontro.
Quando já só se pensava no segundo golo a equipa do Benfica, numa falta que o árbitro entendeu marcar, junto à linha da área, conseguiu empatar o encontro.
Mesmo assim, os leirienses procuraram o golo da vitória enquanto o Benfica jogava para as grandes penalidades. Foi o que aconteceu… a equipa de Leiria conseguiu marcar a primeira grande penalidade. O Benfica empatou. Leiria marca a segunda. Benfica empata sem a bola entrar, mas o árbitro entendeu considerar golo a uma bola que não passa a linha final... Depois, Leiria marca a terceira. E… quando já se puxava cabelos, no meio da claque, o Benfica manda a bola ao poste seguida de uma defesa do guarda-redes de Leiria.
Leiria venceu, assim, o Benfica e conseguiu subir ao terceiro lugar. Durante a entrega de prémios a equipa de Leiria foi imensamente elogiada pela organização (aos microfones).
Os petizes regressaram a Leiria, um deles à Figueira da Foz, com a missão mais do que cumprida, subindo ao pódio com o Sporting e deixando para trás equipas como o Benfica.
Foram e são verdadeiros CAMPEÕES.
Com inscrições limitadas a 8 jogadores, CAMEJIM, DUARTE, EDU, JHONATAS, JOÃO PEDRO, MARTIM, PIRES E TOMÁS não esqueceram os restantes colegas da sua equipa que não participaram neste evento. Foram, sem dúvida, verdadeiros Campeões. Não refiro nenhum em particular. Mas, gostava de ter filmagens do que aconteceu porque foi, sem dúvida, um dia que ficará na recordação deles por muito tempo e que mostraria o sacrifício de meninos de 5 a 7 anos em defender a cor do seu clube.
Quanto aos pais e restantes membros da claque não existem palavras para agradecer o apoio que deram a esta equipa. Levantar às 6h30 da manhã (na noite em que o horário avançou uma hora), alugar uma carrinha de 26 lugares, entre outras despesas e passar um dia inteiro, até às 19 horas mais a viagem de regresso, é sem dúvida um gesto de grande respeito pela UD Leiria e um gesto de grande amor à actividade dos seus filhos.
Sábado e Domingo foram dois dias em que a equipa de Petizes A deu tudo o que conseguiu. Nos dois dias apenas 2 jogadores não participaram por se encontrarem ausentes. De resto, todos os jogadores dos Petizes A ajudaram a estas vitórias. A equipa venceu todos os jogos no encontro de futebol de rua e apenas perdeu com o Sporting no torneio Liga Zon Kids, em 9 jogos.
Estas são vitórias de todos. Jogadores, Pais e Clube.
Amigos, muito obrigado, pela vossa dedicação. Aquele abraço que demos, todos, no fim do torneio ficará para sempre.
O vosso treinador, Adélio Amaro

Petizes A vencem jogos nos encontros de rua da AFL

Jogaram e marcaram: Mendes (GR); Duarte (4); Rui (2); Frazão (1) e João Pedro (2)

No passado sábado teve lugar na Caranguejeira o 4.º encontro de futebol de rua, organizado pela Associação de Futebol de Leiria.
A equipa dos Petizes A, na impossibilidade da presença da equipa B, foi até àquela vila do concelho de Leiria, representar a UD Leiria.
Os jogos decorreram no pavilhão local devido ao mau tempo. A equipa de Leiria começou por jogar com a Mirense B, tendo alcançado uma vitória justa por 2-0.
O segundo encontro foi frente à equipa dos Marrazes onde os Petizes leirienses ganharam por 5-1, sofrendo o único golo dos 3 jogos através de uma grande penalidade.
O último encontro foi com a equipa da casa, Academia, tendo a UD Leiria ganho por 2-0.
Nestes 3 encontros jogaram alguns jogadores que participaram menos vezes noutros jogos, mas que mostraram serem verdadeiros campeões. Sem o guarda-redes titular, Mendes entendeu, por iniciativa própria, assumir a baliza leiriense, fazendo uma boa exibição, acabando, apenas, por sofrer o referido golo.
Frazão, desejoso por jogar e marcar, fez o gosto ao pé. Mostrou, uma vez mais, a sua dinâmica e sacrifício de luta. Rui, forte na defesa e no ataque, marcou dois golos e criou grandes oportunidades para aumentar os resultados. O João Pedro, responsável pelo lado esquerdo da equipa, conseguiu dar golos a marcar e acabou também por ser autor de 2. Duarte “devia” 4 golos ao treinador, de um outro jogo. Não foi de meias medidas e marcou os 4 golos durante estes 3 jogos.
Estes jogadores provaram que a equipa dos Petizes A de Leiria é lutadora e que pouco a pouco vai honrando o nome da União Desportiva de Leiria.
Parabéns ao vosso trabalho e dedicação.
Uma palavra de agradecimento aos pais que acompanharam a equipa e prepararam a merenda…
O vosso treinador, Adélio Amaro

27 março 2011

Traquinas "B" - 3ª Jornada - 2ª Fase

U.D.LEIRIA "B" 5   VS   União Desportiva da Serra  4

Data: 26-03-11 Tempo: 45 minutos
Equipa: João Maria, André Diogo, André Ferreira, Francisco, Diogo Espada, Bernardo, Bernas, João Lourenço e Rodrigo.

Golos: Bernardo (2), Rodrigo (1), Francisco (2).

Apesar das condições climatéricas terem sido extremamente desfavoráveis, realizou-se um bom jogo por parte das duas equipas.
O U.D. Leiria tem demonstrado uma boa evolução, desde a primeira jornada. A maior consciencialização, das componentes técnicas, como o passe, linhas de passe e visão de jogo, por parte dos atletas tem originado os resultados obtidos nesta segunda jornada. Porém aspectos como perseguição de bola, finalização e marcação adversária ainda têm de ser trabalhados.
No geral, foi um jogo com algum sofrimento, onde o U.D. Leiria soube lidar com a situação e dar a volta ao resultado, marcando o golo da vitória nos minutos finais.


Sub 12 "B" - 5ª Jornada - 2ª Fase



Vieirense  2  vs  U.D.LEIRIA"B"  7
Jogo a contar para a quinta jornada do torneio de encerramento, desta vez contra a batalhadora equipa do Vieirense.

Inicialmente antevia-se um jogo mais acessível do que o esperado, uma vez que complicamos bastante os nossos processos ofensivos. Começámos o jogo praticamente a sofrer uma bola no poste, e apesar de reagirmos bem, não foi o suficiente para mostrar uma maior qualidade no futebol jogado, terminando a primeira parte com apenas um único lance concretizado.
Na segunda parte a nossa intensidade aumentou e nos 10 minutos iniciais marcamos 2 golos. Contudo o Vieirense não desistiu, e com uma jogada individual e um canto directo, reduziu para 2 - 3 no marcador. Por fim a nossa equipa "acordou", e em 10 minutos, consegue marcar 4 golos com jogadas bem trabalhadas e mais alguns que ficaram para marcar.

Concluímos portanto, que a equipa entrou demasiado confiante e com pouca atitude no jogo, pensando que a partida já estava resolvida. No final quando viu que o Vieirense esteve próximo no marcador, soube reagir da melhor forma mostrando que realmente que somos melhor equipa. Fica o aviso para os próximos encontros que não há jogos fáceis ou ganhos antes do jogo se realizar.

Pedro Ley e Nuno Neto

23 março 2011

Traquinas "B" - 2ª Jornada - 2ª Fase



Mata Mourisquense 1  vs. U.D.LEIRIA 7

Data: 19-03-11 Tempo: 45 minutos
Equipa: João Maria, André Diogo, André Ferreira, Francisco, Diogo Espada, Bernardo, Bernas, João Lourenço e Rodrigo.
Golos: André Ferreira (3), Bernas (2), Diogo Espada (1), Francisco (1).

A nossa equipa iniciou muito bem a segunda volta do campeonato, com um resultado bastante agradável.
A UDLeiria foi a equipa com mais posse de bola, demonstrando determinação em perseguição da mesma. A equipa teve muito bem no contra ataque, não dando grande vantagem ao adversário .
No que diz respeito a aspectos técnicos, verificou-se a necessidade de melhorar a finalização e extinguir situações de hesitação perante a baliza adversária.
De forma geral, o UDL teve um bom controlo de jogo demonstrando em campo o que a equipa realmente vale.
Esperemos continuar com esta entrega a dedicação.

2º Torneio Sub 12 - 4ª Jornada

E.A.S. Marinha Grande 2 - 1 U.D. Leiria "A"

Grande jogo de futebol, com muita qualidade por parte das duas equipas quer colectivamente quer individualmente. Jogo com muita intensidade e “agressividade” nos duelos, com duas equipas que queriam vencer. Ambas as equipas estiveram muito compactas defensivamente, mas com processos ofensivos distintos, em que a nossa equipa se manteve fiel ao que tem vindo a fazer, mais posse de bola e boa qualidade nas circulações e movimentações desenvolvidas. Contudo não foi o suficiente para vencer o jogo, mas saímos da Marinha com a sensação de dever cumprido e de cabeça erguida devido à excelente prestação de todos os nossos jogadores.
Parabéns a todos eles e um obrigado a todos os presentes que apoiaram a equipa.


21 março 2011

2ª Fase Série A Torneio Distrital Benjamins "B"

SCPombal 2 – U.D.LEIRIA 1
Jogaram:
Pedro Afonso e P. Raimundo (GR); Ivan Sousa, João Pedro, Ruben Durbeck, Rodrigo Pires, Toni, D. Cravo, Duarte Nogueira (cap), R. José, Filipe Casais, Diogo Pereira e Bernardo Almeida.

Nesta 3ª jornada, jogo contra uma equipa que a jogar no seu campo costuma ser complicada. O jogo começou com uma boa iniciativa individual de Rodrigo Pires, que por muito pouco não deu golo. A equipa de Pombal respondeu como pôde, e foi num contra-ataque que conseguiu marcar o primeiro golo. A vantagem durou pouco tempo, uma vez que Bernardo, num remate fora da área, conseguiu o empate. Apesar da nossa pressão, o intervalo chegou com o 1-1 .
Na 2ª parte jogo muito equilibrado, onde a nossa equipa podia ter sido mais ousada. A equipa de Pombal foi aproveitando o nosso recuo e conseguiu o 2º golo através de um remate bem colocado, sem hipótese para o nosso GR.
Este foi o 3º jogo deste 2º Torneio Distrital Benjamins B. Em termos de resultados foi a nossa 3ª derrota. Em nenhuma destas derrotas fomos inferiores aos nossos adversários; e em termos práticos consolidamos aprendizagens e mantemo-nos fiéis aos nossos princípios de jogo. Ao contrário de outros que, por ser contra o Leiria têm de ganhar. E é nestes pormenores (maiores) que se vê a grandeza da União.

Aos pais um obrigado pelo apoio.

O treinador
André Pereira

2ª Fase Série A Torneio distrital Benjamins "A"



G.R.A.P   0 -  2   U.D.Leiria

Jogaram: Gr Marco e Cardoso, def Bruno,Pedro Manso,David,Manuel;med Ivan,Kanika,Gabriel,Duarte;ava Willian e Rodrigo.
Jogo muito difícil contra uma boa equipa dos Pousos que na 1ª fase conseguiu nos criar imensas dificuldades onde a nossa equipa empatou 0-0 um resultado anormal e raro em futebol 7.
A nossa equipa sabia que iria encontrar imensas dificuldades e conseguiu entrar com um ritmo forte e com muita pressão sobre o adversário conseguindo criar algumas oportunidades de golo mas não conseguindo finalizar com sucesso, a equipa adversaria a espaços ia nos criando algumas dificuldades mas a nossa defesa esteve muito bem conseguindo ser sempre superior na disputa dos lances de perigo, ao intervalo registava uma igualdade a 0 bolas.
A 2ª parte trouxe de novo a nossa equipa com um ritmo bastante alto criando novas ocasiões de golo até Gabriel após a marcação de um canto fazer o 1º golo , a nossa equipa continuava a criar perigo mas a bola teimava em não entrar, até que mesmo a acabar o jogo o mesmo Gabriel fez o golo da tranquilidade.
Um excelente jogo com uma atitude e garra enorme dos nossos jogadores num campo muito difícil contra uma boa equipa que nos mantém no 1º lugar.

Treinador João Sousa

Sub 12 "B" - 4ª Jornada - 2ª Fase



U.D.Leiria  8 - 1  A.R.C. Coto

Entrámos no jogo com um ritmo algo baixo mas com muita segurança a trocar a bola sem dar oportunidades a equipa adversária de chegar com perigo a nossa baliza, contudo apesar de não termos conseguido criar muitas ocasiões de golo condizentes à capacidade ofensiva da equipa fechámos a 1ª parte com dois golos de belo efeito.
Na 2ª parte, depois de se ter dito aos jogadores no intervalo que apesar de estarmos a controlar o jogo teríamos de aumentar o ritmo de jogo de forma a podermos evidenciar a nossa superioridade como equipa, após entrarmos em campo, fizemos boas variações de centro de jogo e combinações directas bem conseguidas com a bola a ser bem trocada por toda a equipa quase sempre a 2/3 toques de forma a dar velocidade ao jogo. Com isto, conseguimos aumentar a nossa vantagem marcando mais 6 golos através de lances bem construídos e de belo efeito. A equipa do coto apesar de o resultado ser um pouco pesado foi sempre uma equipa que queria jogar o jogo pelo jogo marcando como prémio um golo.

Desde já deixamos aqui uma palavra de apreço à equipa pela exibição bastante positiva e agradável e para as pessoas que nos seguem nomeadamente pais e outros adeptos de bom futebol.

Marcadores: Mantorras (3); Franco (3); Rafa e Azul
Assistências: Rafa; Marcos; Mantorras (3); Franco e Pedro

Pedro Ley e Nuno Neto
Numa manhã bastante favorável para a prática do futebol, conseguiu-se observar um jogo bastante agradável para os seguidores desta equipa.

PETIZES

Marinhense 4 vs UD Leiria 4

Jogaram e marcaram: Tomás (GR); Duarte; Edu (2); Francisco (2); Frazão; Jhonatas; João Pedro (tb. GR) e Pires

Já se sabia que o jogo frente à equipa do Marinhense não iria ser fácil, visto ser uma das equipas que melhores resultados tem apresentado nos últimos meses. No entanto, a equipa de Petizes A da UDLeiria foi para este encontro sem medo e disposta a contrariar aquilo que a equipa do Merinhense tem vindo a fazer.
Com o jogo dividido em 4 partes de 10 minutos, a equipa de Leiria começou o encontro com vontade de marcar o mais rápido possível. Contudo, numa jogada de contra-ataque do Marinhense, a equipa da casa conseguiu abrir o marcador.
Para o segundo tempo a equipa de Leiria entrou mais forte e numa jogada rápida de Edu que só terminou com golo, pelo lado esquerdo, a equipa leiriense conseguiu empatar a partida. Ainda na primeira parte os Petizes de branco conseguiram dar a volta ao resultado através de um golo de Francisco, após uma jogada em que a bola passou por todos os jogadores da UD Leiria. Também João Pedro, inspirado, teve oportunidade de marcar por duas vezes. Quase a terminar o segundo tempo, a equipa da Marinha Grande consegue o golo do empate, depois de um erro do árbitro, que viu Pires a cair e a ficar no chão, deixando o jogo seguir quando todos os jogadores de Leiria pararam para ver o que se passava com o colega. Depois da bola entrar é que o árbitro se lembrou de ver se o jogador leiriense estava bem...
Para a terceira parte a equipa de Leiria adormeceu um pouco e acabou por sofrer mais dois golos, sendo de salientar as oportunidades que Frazão e Duarte tiveram para marcar assim como um remate forte de Jhonatas que passou juntinho ao poste da equipa adversária.
Para a última parte, já com a troca de guarda-redes, sendo de referir a boa exibição de Tomás e também de João Pedro (tem revelado qualidades para jogar em qualquer parte do campo), a equipa de Leiria foi com vontade de contrariar o resultado e conseguiu através de uma bonita jogada de Pires que consegue colocar a bola em Francisco para este fazer o terceiro golo leiriense. A equipa de Leiria nunca desistiu e conseguiu empatar, de novo, através de uma brilhante jogada de Edu que só terminou com a bola no fundo da rede da baliza da equipa adversária.
Quase a terminar o encontro ficou, ainda, uma grande penalidade por marcar a favor da UD Leiria, depois de um jogador marinhense ter jogado a bola com a mão.
Foi sem dúvida um bom jogo entre duas equipas excelentes.
Uma vez mais, esta equipa de Leiria está de parabéns, lutando contra muito fumo que vai surgindo... nem se sabe bem qual a razão... a verdade é que são meninos de 5 a 7 anos que merecem o nosso respeito e merecem vestir a camisola da União Desportiva de Leiria. Tudo o resto é fogo que arde sem se ver...
Parabéns aos pais por todo o apoio.
Obrigado amigos, o vosso treinador, Adélio Amaro

SUB 13 "A" - Campeonato Distrital 6ª Jornada da 2ª Fase

Pombal 1 – UDLEIRIA 9


Começaram a partida, com alguma pressão da equipa adversária no nosso meio campo, mas a serenidade dos nossos atletas, verificou-se logo no inicio da partida, com um golo aos 6 minutos de jogo.

Convocados: Fábio (1), João (12) (Guarda-redes), Alex (23), António (20), Toni (51), Botas (77), Gonçalo (10), João Afonso (5), Jordão (7), Luisinho (8), Marto (6), Pedro Correcio (9), Rente (19).
Não Convocados: André, Luís Miguel
Marcadores/Golos: Pedro Correcio (2), Botas (2), Jordão, Gonçalo, Rente, Luisinho, Tony
Equipa Técnica: Zeca, Domi e Joana

A começar a segunda volta da 2ª fase do campeonato distrital, tivemos mais um jogo fora, e fomos defrontar a equipa do Pombal. Tendo em conta o resultado da primeira volta por apenas, 4-1, esperava-se ser um dos jogos mais difíceis, com uma pressão maior na nossa equipa. Não só em termos de resultado, mas também por causa da classificação, pois a equipa do Pombal encontrava-se em segundo lugar. Contudo, essa pressão não foi transmitida á equipa, pois globalmente, vimos uma boa atitude e prestação dentro de campo.
O alívio da pressão do jogo serviu para abrirmos o marcador cedo, dando calma e tranquilidade à equipa, para daí para a frente fazerem mais golos, chegando ao intervalo a ganhar por 0-4.
Na segunda parte muitas foram as ocasiões de golo, onde até houve oportunidade de falhar 2 penaltis, um para cada umas das equipas.
Para o fim do jogo, os ânimos começaram-se a exaltar dentro e fora de campo, com alguma situações injustas, mas sem maldade de ambas as equipas. O dominio prevaleceu fixando o resultado em 1-9, finalizamos o jogo com um bonito golo de cabeça do Tony,onde há muito que não marcávamos golos de cabeça.
Cabeça erguida… continuaremos o nosso caminho. Parabéns equipa… Força sub 13!!!
Joana Coutinho

15 março 2011

5ª Jornada da 2ª Fase do Campeonato Distrital - Sub 13 "A"

Pedro Roma 1 - U.D.LEIRIA 9

Na última jornada da primeira volta da 2ª fase do campeonato, encontramos no nosso calendário a equipa do Pedro Roma, equipa que pertence à cidade de Pombal. Esperava-se mais uma deslocação difícil e cautelosa, pois não tinhamos muitas referências em relção à equipa.
Durante o aquecimento, a chuva resolveu aparecer e pregar-nos uma partida, os nossos atletas estavam descontraídos e concentrados com uma boa atitude e bom um bom feeling, para o jogo.


Convocados: Fábio (1), João (12) (Guarda-redes), André (24), António (20), Toni (51), Botas (77), Gonçalo (10), João Afonso (5), Jordão (7), Luisinho (8, Luis Miguel (18), Marto (6), Pedro(9), Rente(19).

Não Convocados: Alex (23)

Marcadores/Golos: Botas (2), Pedro (3), Jordão(3) e António.

Equipa Técnica: Zeca, Domi e Joana

Após dois jogos consecutivos a sofrer um golo, logo no início da partida, este jogo foi completamente o oposto. Aproveitamos logo a primeira ocasião de golo, logo no primeiro minuto, com um remate rasteiro de Botas, a abrir o marcador. O golo logo no inicio causou um bom impacto e motivação á equipa, em querer fazer um jogo com mais golos.

Como não pode ser só marcar golos, num dos poucos contra-ataques da equipa adversária sofremos um golo. Chegando assim, ao intervalo a ganhar por 5-1. Não nos focando apenas no resultado, terminamos a partida a ganhar por 9-1, dando oportunidade aos 14 atletas de entrar e ter alguns minutos de jogo.

Mais um desafio ultrpassado com sucesso...Parabens Equipa!!!
Obrigada aos pais e aos elementos da equipa do Pedro Roma...
Para semana visitaremos de novo a cidade de Pombal.

Joana Coutinho

14 março 2011

BENJAMINS B

UDLEIRIA 1 – Marrazes 2

Jogaram: Eduardo Dias e Pedro Afonso (GR); Ivan Sousa, João Pedro, Ruben Durbeck, Rodrigo Pires, Toni, Filipe Casais, Duarte Nogueira, André Dias, Diogo Pereira e Rodrigo Caixinha (Cap.).

Como era de esperar, uma vez que são duas equipas semelhantes na forma como jogam, foi um jogo equilibrado, com algum ascendente da nossa parte. A equipa de Marrazes vinha com sede de vitória, isto porque nos dois anteriores jogos contra a nossa equipa tinham perdido. Assim, após alguma pressão inicial por parte dos Marrazes, a nossa equipa recompôs-se e respondeu de igual forma. Como resultado dessa pressão e do nosso ataque contínuo, surgiu o nosso golo por Filipe Casais, após um canto.
Na 2ª parte o jogo foi igualmente repartido. A equipa dos Marrazes, chega ao empate na marcação de um livre directo já a meio da 2ª parte, e o golo da vitória surgiu num remate feliz que bate ainda num jogador nosso, enganando o nosso guarda-redes.
Custa perder um jogo desta forma, mas a sorte faz parte do jogo. E pelo que fizeram durante o jogo, e pelo crescimento que têm vindo a apresentar nos últimos jogos, os nossos atletas estão de Parabéns!

O treinador
André Pereira

2ª Fase Série A Torneio Distrital Benjamins "A"



U.D.Leiria 4-0 MONTE REAL


Jogaram:

Marco,Cardoso,Zé,P.Manso,David,Manuel,Ivan,Gabriel,Duarte,Kanika,Rodrigo,Willian,Quinzinho.


Nesta 2ª Jornada da 2ª fase recebemos a equipa do Monte Real que vinha motivada a Academia depois da vitoria sobre a equipa do s.c.Pombal, a nossa equipa entrou forte e logo aos 3min P.Manso com um remate de fora da área fez o 1º golo da partida, mas depois do golo sofrido a equipa adversária reagiu e conseguiu vários lances de perigo com destaque para Marco que defendeu um penalti conseguindo a nossa equipa ir para intervalo com um golo de vantagem.
A 2ª parte foi diferente, a nossa equipa entrou forte com velocidade com dinâmica e com jogadas vistosas conseguindo criar muito perigo junto da baliza adversária conseguindo marcar por P.Manso que bisou na partida, willian e ivan fizeram 3º e 4º golo da partida.
Realce para a equipa adversária que complicou imenso a nossa tarefa criando muitas dificuldades.
Boa vitoria e boa atitude dos nossos jogadores numa fase onde os jogos são mais exigentes.

João Sousa

Petizes A: Garcia 4 - UDL 3

Convocados e golos: Tomás (GR); Edu (1); Francisco; Gonçalo; Jhonatas (1); João Pedro (1); Mendes; Pires.
A equipa de Petizes A da UD Leiria foi muito bem recebida na Garcia, Marinha Grande, no passado domingo, 13 de Março.
O jogo começou com a equipa de Leiria algo adormecida, mas em poucos minutos despertou, talvez com receio das quedas visto que jogaram num campo "pelado". Quando a equipa de Leiria se encontrava já a dominar o encontro o árbitro entendeu marcar uma grande penalidade contra a nossa equipa. Grande penalidade que não existiu. Mas, o jovem árbitro entendeu assinalá-la, quando viu um jogador da Garcia cair, após um corte, limpo, de Pires.
A equipa da casa inaugurou, desta forma, o marcador. A finalizar a primeira parte, através de um livre, Jhonatas encheu o pé e igualou de novo a partida.
No início da segunda parte, de novo com a equipa de Leiria a apostar, fortemente, no ataque, um jogador da Garcia joga a bola com a mão, o árbitro manda seguir, os jogadores leirienses ficam parados pensando que iria ser grande penalidade a favor da União e acaba por acontecer o golo da Garcia num ataque rápido.
Antes do fim da segunda parte, uma jogada muito interessante de toda a equipa, passando a bola por Pires, Francisco, Edu e João Pedro, a equipa de Leiria consegue empatar, de novo o jogo, através de um bonito golo de João Pedro.
Na terceira parte a equipa de Leiria procurou o golo, enviou duas bolas ao poste do adversário, fez uma mão cheia de remates à baliza e a bola teimou em não entrar, também devido ao bloco defensivo da equipa da casa.
Na quarta e última parte, a equipa da Garcia marca dois golos contra a corrente do jogo, colocando o resultado em 4-2.
Sem baixar os braços a equipa de Leiria voltou ao ataque e consegue reduzir para 4-3, através de excelente jogada de Edu que só terminou quando este colocou a bola no fundo da baliza da equipa adversária.
Quando tudo indicava que a equipa de Leiria iria alcançar o golo do empate o árbitro entendeu terminar o jogo 2 minutos antes do tempo regulamentar. Após protesto do treinador leiriense, foram dados mais 3 minutos de jogo.
Foi um jogo interessante onde a equipa de Leiria merecia a vitória, que acabou por não acontecer com alguns erros do jovem árbitro que tiveram influência no resultado final. Mas, parabéns também ao árbitro porque não é fácil arbitrar um jogo onde duas equipas disputam o resultado até ao último segundo.
Todavia, tal não serve de desculpa para esta primeira derrota, em 13 jogos. Lembramos que esta equipa fantástica tem 11 vitórias, 1 empate, 1 derrota, 88 golos marcados e 20 sofridos. Por isso, os jogadores da Petizes A estão inteiramente de parabéns.
Parabéns aos país e familiares que, uma vez mais, apoiaram a sua equipa.
Quanto à equipa da Garcia, deixo aqui um abraço de parabéns pelo forma como nos receberam, mostrando a maneira mais correcta de estar no futebol, mesmo quando falamos de meninos de 6 e 7 anos.
Parabéns amigos. O vosso treinador Adélio Amaro

PETIZES B


Este sábado, a equipa de Petizes B esteve presente no 3º Encontro de Futebol de Rua, realizado no Casal do Marra e marcaram presença os seguintes jogadores: Rodrigo, Totti, Simão Lopes, André Martins, André Dinis, Diogo, Gustavo e Hugo.
Mais uma vez, ao longo do torneio foi privilegiado uma igualdade de oportunidades, com tempos de utilização aproximados e com a rotação de alguns jogadores em várias posições.
No decorrer do torneio, os atletas puderam vivenciar um conjunto variado de experiências (e que contribuíram para a sua evolução), uma vez que o 1º e 2º jogo (este interrompido logo nos minutos iniciais devido à chuva) foram disputados num pelado, sendo algo a que os nossos meninos não estão habituados e que se fez notar ao longo dos jogos. Isto, porque a bola tornou-se mais difícil de dominar (do que o normal) devido às constantes mudanças de trajectória da mesma. No entanto, este é um aspecto que tem vindo a ser trabalhado desde o inicio da época e que pretendemos continuar a melhorar. Já o 3º e 4º jogo foram disputados dentro do pavilhão, onde a partir deste momento os jogadores começaram a descobrir a graça de deslizar ao fazer “carrinhos”.
Relativamente aos princípios de jogo que têm vindo a ser trabalhados, as maiores dificuldades residem na aglomeração que ainda existe em torno da bola e da (não) ocupação dos três corredores na fase ofensiva e que acabam por condicionar a qualidade de jogo. No entanto, é natural que este processo seja lento, uma vez que os jogadores se encontram numa fase de desenvolvimento da relação com a bola, sendo esta o principal foco de atenção.
Infelizmente, neste encontro não conseguimos cumprir o objectivo de conseguir fazer golos em todos os jogos, mas nas bancadas os miúdos aproveitaram o tempo de espera para fazer a festa, jogando à apanhada e saltando entre as cadeiras, criando um ambiente muito divertido e envolvendo até alguns pais.
Posto isto, os resultados dos jogos foram os seguintes:
1º UDL x Marrazes “A”: 0-1
2º UDL x Marrazes “B”: 0-0
3º UDL x Mirense: 0-3
4º UDL x Marrazes “A”: 3-0 Marcadores: Simão Lopes 3
Para terminar, gostaria de deixar uma palavra de agradecimento aos pais pelo apoio que têm manifestado e que continuem a contribuir para que todos possamos evoluir.
Mister Luís Lalanda

13 março 2011

Sub-12 B Leiria 9 - 2 Nazarenos


Jogo a contar para a terceira jornada da seria C do Torneio de Encerrramento Sub-12.
Foi um jogo bem disputado por ambas as equipas, onde houve muito entrega e vontade de ganhar.
O Nazarenos entrou melhor na partida, criando uma situação de golo logo aos 2 minutos com uma defesa bem conseguida por parte do nosso guarda redes. No fim da primeira parte ganhávamos por 2-0 no entanto não tínhamos o jogo completamente controlado, devido ao facto de não demonstrarmos uma atitude e confiança para mostrar o nosso verdadeiro valor.
Na segunda parte o jogo foi bem diferente. Foi claro o domínio do União de Leiria, entrando a marcar por duas vezes, no entanto o adversário não baixou os braços, e conseguiu reduzir a vantagem para 4-2. A partir desse momento, a nossa equipa reagiu bastante bem e até ao final do jogo, marcou por mais 5 vezes terminando a partida em 9-2.

Parabéns a todos pelo jogo, principalmente a segunda parte reforçando a excelente atitude mostrada e esse terá que ser a forma de encarar todas as partidas seja qual for o resultado ou adversário.


Pedro Ley e Nuno Neto

11 março 2011

Traquinas "A" - Síntese




Durante o 1º Torneio de Traquinas - Série D, os Traquinas "A" da União Desportiva de Leiria encontraram adversários fortes, que os fizeram lutar e transpirar bastante pela vitória.

O melhor de ver nestes grandes jogadores é a sua rápida evolução, pois a cada dia que passa surpreendem-nos sempre, seja com novas jogadas, novos dribles ou até mesmo... novas anedotas!

O desafia nesta primeira fase, era a de criar espírito de união entre a equipa, de modo a criar entrosamento dentro de campo entre eles e sempre com o pensamento a longo-prazo, o de criar uma equipa forte que dê muitas alegrias à União Desportiva de Leiria.

Ao contrário do que muitos pensam, os resultados nunca podem, nem devem ser o mais importante nestas idades e sim a evolução técnica individual e de grupo do atleta, e com isto não quero dizer que não queremos ganhar todos os jogos, se isso for possível melhor, mas caso não seja, não fazemos disso um "bicho de 7 cabeças".

Muitos dos que estão a ler este pequeno texto devem estar a pensar que isto é conversa para encobrir derrotas e olhar para outro lado, pois bem. Não é bem esse o caso, pois no 1º torneio somente tivemos duas derrotas, onde uma foi em casa com os Marrazes e fora com a Leirifoot, onde cada uma destas equipas tendo o mérito da vitória não são em nada superiores à nossa, mas como dizia um treinador que tive enquanto jogador, "um momento não são momentos!"

Quero deixar um grande agradecimento aos pais destes pequenos jogadores, pelo apoio incondicional que dão à equipa!

Agora para a 2º Torneio, estamos num grupo difícil, onde estão as primeiras classificadas dos grupos A, D e E.

Fiquem atentos pois este 2º Torneio promete ser bem "durinho"...

Os melhores cumprimentos,
O Treinador, Dino Freitas

AGENDA JOGOS - 12 MARÇO 2011

10 março 2011

BENJAMINS B

TORNEIO DE CARNAVAL DO BOMBARRALENSE



JOGARAM: Pedro Afonso e David (GR); Ivan Sousa, João Pedro, Ruben Durbeck, Rodrigo Pires, Toni, Miguel Simões, Duarte Nogueira, Diogo Pereira, Filipe Casais e Ricardo Silvério.
1º Jogo
UDLeiria 2 – Caldas 0 (Jogo de 25 minutos)
Bom jogo, em que a equipa do Caldas começou melhor, pressionando bastante. A nossa equipa respondeu bem, e rapidamente equilibrou e impôs-se no jogo. E foi com naturalidade que surgiram os golos (João Pedro e Diogo Pereira), dando brilho à nossa exibição.
2º Jogo
Marrazes 0 – UDLeiria 1 (Jogo 25 minutos)

Após o Marrazes ter ganho 3-2 à equipa do Caldas, já se sabia à partida que União de Leiria e Marrazes eram as equipas que passavam à fase final. Restava saber quem ficaria em 1ºlugar e ia disputar a final, e quem ficava em 2º e ia disputar o 3º e 4º lugar.
Por isso, jogo muito equilibrado e disputado, como era de esperar, sendo que o Marrazes teve ligeiro ascendente sobre a nossa equipa, testando toda a nossa organização defensiva. Aí demonstramos grande humildade e espírito de equipa. Não foi um jogo fácil (o nosso guarda-redes David teve várias intervenções importantes), mas um jogo em que no momento certo, e numa saída para o ataque, Rodrigo Pires fez o golo da vitória.
Foi um prémio, não pela exibição (já fizemos jogos bem melhores), mas por toda a organização que demonstramos.
3º Jogo – FINAL
Sporting 11 – UDLeiria 0 (Jogo de 15m + 15m)
O resultado diz tudo. O poderio do Sporting foi demolidor, e pouco ou nada pudemos fazer para o contrariar.

Por todos os momentos vividos neste Torneio, pelo que demonstraram, pelo 2º lugar conquistado, devo deixar os PARABÉNS a todos os atletas!

Aos Pais destes atletas um muito obrigado pelo apoio durante os jogos e pela festa na entrega dos prémios.

O treinador
André Pereira