Telef. : 244 823 532 / 244 826 701

Email: escolas.miniuni@gmail.com / geral@uniaodeleiria.pt

COORDENADAS GPS ACADEMIA UDL:

LATITUDE : 39°46'0.91"N
LONGITUDE : 8°45'51.89"W

07 maio 2007

"AS PESSOAS NÃO VÃO AO ESTÁDIO APOIAR A UDL!" ...
... PORQUÊ ???
.
Meus amigos,
.
Hoje vou escrever sobre um assunto, sobre o qual muito se tem debatido,e que não se chega a grande conclusão.
"AS PESSOAS NÂO VÂO AO ESTÁDIO APOIAR A UDL" ... porquê???
São tantos factores, que nem vale apena agora estar a enumerá-los.
Vale a pena sim, é tentar arranjar algumas soluções.
Sei que não é nada fácil, mas temos que dar alguns passos, e um desses passos pensei eu cá para mim, tem que ser dado ao nivel da nossa Formação Desportiva, começando nas escolinhas até júniores.
Isto, porque, cá fora já não existe grande mercado, ou já é sócio ou não, ... portanto...ainda por cima sem "casa", tudo se torna mais impessoal.
Que tal criar uma situação de sócio atleta, em que este enquanto representar a U.Leiria fica isento de quota.
Perguntam o que é que isso vale? - eu respondo que talvez se criem hábitos de assistir aos jogos desde pequeno, e no futuro há mais possibilidades de o seu clube ser a U.Leiria, em vez de um dos três grandes.
Mas para isso acontecer e como os atletas ainda são muito novos, têm de ir acompanhados pelo pai ou mãe? Muito bem, como o atleta na sua formação paga uma mensalidade de 15 euros, e se o clube entender que pode ser, passava a pagar 20 euros, mas o pai ou mãe, um deles por opção seria também sócio. Assim, já os atletas poderiam ir ver os jogos acompanhados.
Depois por acréscimo mais gente da familia se faria sócio.
Assim talvez ... quem sabe, iniciar-se-ia uma nova abordagem ao "dito Sócio"???
Eu gostava que esta medida pudesse ter pernas para andar, pois mais adeptos poderiamos conquistar.
Acredito que assim se construiria um U.Leiria mais forte.
Tendo dito,
.
Saudações Unionistas
.
Post by António Mariano(Dir.SUB"12")

23 comentários:

MINI UNI disse...

Eu cá também apostava mais em aumentar 2.50 Euros por mês na mensalidade e incluia o atleta como sócio, mas com a ressalva de que até aos SUB"13" inclusivé, teriam direito a levar um acompanhante ao jogos no estádio.

QUE ACHAM ???

AAOLI disse...

Apoiado MiniUni, e vamos mas é a deixar caschecóis de outras cores na gaveta, e levar o da UDL.

PETZL disse...

Então mas não existe já a categoria de sócio atleta, com quota de apenas 2,50 euros por mês????

O que dá cerca de 1 euro e tal por jogo??? Só falta mesmo ir buscar as criancinhas a casa...

MINI UNI disse...

Pois é Petzl, mas o "drama", é que esses 2.50 Euros, não estão incluidos na mensalidade, logo a postura de quem paga, é sempre arredia, ou seja se os 2.50 Euros, estiverem incluidos na mensalidade, ficam diluídos, e como tal não surgem argumentos tipo " já pagamos todos os meses e nem os atletas têm direito a ser sócios", ... é mesmo o pessoal gosta mais de ser "enganado", e que me desculpem apelar a este comportamento tão português, mas as verdades têm que ser ditas, ainda que se pene por elas!!

MINI UNI disse...

Petzl, volto a recordar que as crianças não podemir sózinhas para ver um jogo de futebol no estádio, e não tenhas dúvidas que para levar acompanhante, durante algum tempo, ainda vai ser necessário oferecer a entrada a esse acompanhante ...
Caro amigo, para receberes tens que dar primeiro, pelo menos neste país em que vivemos, não vale apena inventar .

Cumprimentos unionistas com muita esperança!!!

_ScaR_ disse...

Nem queria entrar neste tipo de discussão como vou fazer, até porque mexe com situações bem mais complexas,mas há uns anos atrás,se bem me lembro, as bancadas estavam cheias também por atletas (bastava ter o cartão de atleta do clube e apresentá-lo à entrada),mas maioritariamente por pessoas da cidade que tinham interesse em ver os séniores com que se cruzavam e alguns privavam boa parte do dia. Houve um enorme afastamento do clube com a cidade, parcialmente devido à falta de aposta em jogadores da formação e exacerbada tendência em ficar com jogadores de outros clubes (resta saber se os resultados serão mesmo os melhores possiveis). Ora estes jogadores não podem familiarizarem-se com a cidade e seus habitantes porque ficam cá um ano e depois voltam para o clube de origem. Neste momento estamos qualquer coisa do género como um satélite de um certo clube do norte..Ainda assim, tendo dito isto,apoio totalmente novas ideias para a melhoria da ligação clube-cidade.

MINI UNI disse...

Scar,tens razão sim, mas não esquecer um factor que ainda considero relevante, a construção do novo estádio, que afastou esses cidadãos habituais, poisquem assistia aos jogos dos séniores, tb estava presente nos jogos da formação ... naquele "fantástico" pelado que existia junto ao estádio antigo, que nos faz tanta falta... agora para saber onde são os jogos é um martírio, pois já não há cartazes nas montras das lijas a anunciar as jornadas, e ainda por cima os jogos não têm "posio", não há um local fixo ... eu quero acreditar que a UDL vai solucionar esta questão para muito breve!!!.

s-type disse...

concordo com o PETZL, qq dia temos de bater nas criancinhas para elas irem à bola, porra são 2,5e por mês, sem pagar nem mais um chavo, e vêm-se todos os jogos caseiros da equipa, não se pode oferecer mais, o pai pode ir ver o jogo se for sócio por 10e mensais, que dá 5e por ^jogo, é isso demasiado?

certo que os atletas jah pagam um X para o serem, mas esse valor serve para garantir as condições de trino e de participação nos jogos e tal, ou seja subsistência....e axo k isto devem de ser contas separadas...

assim um pai para ir com o seu filho ao futebol tem de pagar 12,5e mensais, o que lhe fica a menos de 7e por jogo....para irem 2 pessoas, melhor que isto so de borla!

Haja paciência disse...

Estimado s-type, então diz-me lá onde estão essas fantásticas condições de treino e afins que para aí estás a falar, se não fossem os pais até aos sub13 ningúem ia jogar fora de casa meu amigo.
Então quem paga deslocações , tempo, paciência, kits de equipamento no inicio da época, meu caro não deves saber muito bem o que dizes, primeiro informa-te.
Só quando há cromos como tu a falar é que eu tenho que responder,pois ainda tenho esperança de ainda virmoa a ter as condições de que falas e não existem ainda.
Mas eu vou aguardando e apoiando, só não gosto é de ler estas coisas que logo à partida recriminam os pais por ter uma borla a acompanhar o seu filho depois do que gasta pelo clube.
ORA BOLAS

Anónimo disse...

E se em vez de futebol, o menino praticasse ... digamos, natação, ténis, judo, etc. , como é que o paizinho fazia?
Pagava a mensalidade, bastante + cara, comprava o equipamento, transportava o menino e NÃO RECLAMAVA.

E O PAIZINHO AINDA FALA EM TEMPO E PACIÊNCIA PARA O SEU FILHO. DEIXEM-ME DESABAFAR: HAJA DEUS!!!!

ORA BOLAS

MINI UNI disse...

Não vejo necessidade de entrarmos por esta via, este blog destina-se a construir tudo o que possa vir a ser benefico a todos os nossos atletas, e dispensamos a esgrima de palavras que desvirtuam o objectivo.
ESTE BLOG É DESTINADO A DAR VISIBILIDADE ÀS ACTIVIDADES DOS ATLETAS DA FORMAÇÃO UDL, ENTRE IDADES QUE VÃO DOS 6 AOS 13 ANOS ... NÃO ESQUECER ESTE "DETALHE", POIS ELES VISITAM-NO COM FREQUÊNCIA.
No entanto obrigado pela vossa visita, e continuem, um pouquinho mais soft.

Viva UDL

Anónimo disse...

Que grande abuso o valor da cota mensal... Será ke existe condições pra pedirem tanto dinheiro para um miudo pratica futebol no clube da cidade..
Começo a axar ke mais vale ir parar aos clubes dos arredores pois é de borla e as con dições são iguais ou melhores tipo(pousos)... Isto uma mera opinião..

encaf disse...

E como mera opinião que é, tem direito a exprimi-la.

Porém, não me parece que 15 €/mês seja susceptivel de ser considerado abuso, quanto mais grande abuso, como refere.

Para que a aprendizagem do futebol fosse "de borla" seria necesário que fosse o Estado, através da Secretaria de Estado dos Desportos, ou a Câmara Municipal, ou a própria Junta de Freguesia,. a suportar as inevitáveis despesas.

Como infelizmente assim não acontece, têm de ser os beneficiários/utilizadores do serviço, isto é, os pais e atletas, a contribuir para amenizar as despesas.

E se assim acontece na aprendizagem, isto é, no Futebol 5 e 7, entendo que no caso do Futebol de 11, já não mera aprendizagem, mas sim formação, em que o interesse competitivo já é relevante e, em última análise, já é o Clube a "apostar" nos melhores atletas, óbvio que aí chegados, deixa de haver fundamento para essa quota mensal.

Ainda assim, e apenas como informação, tanto o Rio Maior como o Ginásio de Alcobaça cobram quota mensal aos todos os seus atletas, juniores incluidos.

AAOli disse...

Já vi que vem aqui muita gente debaixo do anonimato escrever o que lhe vai na alma(penso bem que escrevam).E, agora falando de pai para pai,em vez de virmos debater isso para aqui, era preferivél já que manifestam alguma falta de informação, procurarem os directores e informarem-se do que se passa nos outros clubes. Por acaso sabem quanto se paga nas outras modalidades...ou será, que se duplicou o numero de atletas em alguns escalões da formação por acaso. Informem-se e fiquem a saber que a União tem dificuldades como os outros.

Anónimo disse...

A questão do anonimato tá boa aaoli, é tão facil identificar um anonimo como um encaf, um apantera cor de rosa, um haja paciência, etc... etc... Quando as pessoas não assumem o seu proprio nome tando dá um como outro. Penso é que tal como você é pai de um atleta, tambem o anonimo que se encontra revoltado com a situação é.
Então porque no lugar das pessoas virem para aqui desabafar desta forma, sobre anonimato(tirando rarissimas excepções)não fazem os pais reuniões onde estas questões sejam debatidas. No outro dia alguém dizia que agora estamos no final da epoca e pouco há a fazer. Mas talvez não, agora é a altura destas situações serem revistas, dos pais se envolverem pelo menos no plano de organização da proxima época. Para que também possam ser responsabilizados pelo que correr menos bem. Para que não sejam sempre os mesmos a carregar as malas ;-))

_ScaR_ disse...

Caro anónimo,apesar de aparecerem aqui nomes estranhos e que para si tenham o mesmo valor que aparecer como é a sua preferência,as pessoas que fazem efectivamente parte do clube,têm noção de quem aqui fala,através dos "nicknames" que são apresentados.Mesmo que não se saiba,pelo menos pode tentar-se descobrir,situação que não é possivel perante total ausência de nome como é o seu caso. Quanto à sua opinião sobre os pais,não são,ou não deveriam ser estes a ser obrigados a realizar reuniões para resolver quaisquer que sejam problemas de organização do clube.Há sempre situações que correm mal quer seja por parte de coordenadores,treinadores e/ou directores e essas devem ser analisadas e corrigidas,para que não se voltem a repetir os mesmos erros.Agora essas situações devem ser proporcionadas talvez pelo coordenador (fica aqui a sugestão) no fim/inicio de cada época. Portanto, e sublinho, os pais não podem ser,pelo menos neste aspecto,de forma alguma culpabilizados por qualquer falha que surja. Temos de saber separar as responsabilidades de cada um e neste ponto,os pais pagam um serviço prestado aos filhos, e ajudam estes, e a sua equipa, naquilo que for possivel, como acontece em qualquer outra actividade fora do âmbito escolar. O clube deve então fornecer as melhores condições possiveis para que tudo corra dentro das expectativas. Tudo o que neste processo falhe, deve então ser analisado, e volto a sugerir, nos momentos mais propicios para a reflexão, inicio/fim de cada época através de uma reunião entre todos os intervenientes do processo.

MINI UNI disse...

Caros visitantes,

Estamos a perder o "fio à meada", ou seja estes comentários, não se configuram com o objectivo do blogue, pois apenas apontam os defeitos em deterimento das virtudes que existem em pertencer à UDL.
Como tal, agradeço a todos estes "pais" (será que são)que se encontram tão descontentes (pelo menos escrevem como tal)que procurem o coordenador da formação, e directamente exponham as suas "arrelias".
Quem de facto não tem arrelias, continue por cá e APRESENTE ALTERNATIVAS, NO ÂMBITO CONSTRUTIVO ...
Dizer o que está mal também nós sabemos ... arranjar soluções ... aí é que está o "buzilis", poucas ou nenhumas.
É à procura do melhor para o nosso clube e consequentemente para os nossos atletas, que dispômos deste "cantinho", que queremos preservado da mesquinhês e de falsos interessados.
Por isso, vamos estar mais atentos a quem deseje semear a discórdia e primar pela conspiração, banindo-os, sem dó nem piedade.

Força União, Viva UDL

Anónimo disse...

Muito havia a responder aos dois ou três comentários anteriormente colocados.
Principalmente ao terceiro, mini uni. Vamos lá ser francos, quando se contruiu este blog penso que foi para dizer o que está bem e o que está menos bem, também dar algumas pistas para o futuro,certo?
Ou, e só, para realçar o papel de cada um, e ser um blog de amigos onde como disse o Scar em resposta a um anonimo,e passo a transcrever, "apesar de aparecerem aqui nomes estranhos e que para si tenham o mesmo valor que aparecer como é a sua preferência,as pessoas que fazem efectivamente parte do clube,têm noção de quem aqui fala,através dos "nicknames" que são apresentados.Mesmo que não se saiba,pelo menos pode tentar-se descobrir..." Ora para mim isto é que não está correcto, criar um blogue para dar palmadinhas nas costas, não me parece correcto. Penso que mesmo os anonimos que aqui aparecem, e que não fazem parte do grupo dos identificaveis após investigação, são pessoas amigas da UNI e tb são pais. Portanto todos tentamos atingir o objectivo de mais e melhor. Se alguns ferem sucestibilidades, ainda bem que assim é, porque se continuarmos a dar somente os parabéns e fazer grandes festas estamos a ser hipocritas, visto que aparecem aqui outros a falar de coisas das quais também são conhecedores e tem a sua opinião.Acho que quando se diz que uma opinião é demasiado critica(destrutiva) deve dizer se porquê. Porque se houve muito dizer que as coisas não vão bem, mas sugestões, que é aquilo que o Mariano apela no seu texto, não vejo muitas. Há muita discução a volta de dinheiro. Mas ainda não li, nem ouvi outra forma de arranjar esse dinheiro a não ser o contributo dos pais. Mais uma vez sei que se responderem vão dar-me na cabeça, mas eu cá estarei para a resposta, até já

MINI UNI disse...

Muito me agradou, esta explanação, do nosso visitante anónimo.
Venham daí as ideias e soluções!

Saudações Desportivas e claro Unionistas

_ScaR_ disse...

Julgo que não me terei feito entender e venho aqui somente colocar o meu ponto final nesta discussão,porque tentarei aqui de certa forma ser um pouco mais esclarecedor da minha opinião. Tudo o que anda à volta dos escalões de formação de um clube é demasiado complexo para se depreender que tudo corre sempre bem. Logo,há aspectos que surgem constantemente que devem ser apontados e a posteriori corrigidos. De forma alguma dou aqui o meu contributo para dar palmadinhas nas costas,bem antes pelo contrário,porque sei que há coisas que correm menos bem. Se os aspectos positivos são sempre colocados em vitrine,devem também ser frisados os aspectos negativos,porque é com o equilibrio entre tudo isto que devemos trabalhar ao longo dos anos. Desta forma,só julgo incorrecto serem colocados aqui alguns comentários a criticar pais ou treinadores ou quem quer que seja, por parte de pessoas que não têm noção da realidade do clube. É com muito gosto que faço parte deste há muitos anos,mas sejamos sinceros,há muita coisa que funciona mal. Daí que me tenha rido quando li aqui que o dinheiro que os pais pagam é para dar condições de treino. Volto a sugerir que sejam realizadas reuniões entre coordenador/treinador/pais, ou como se julgar mais correcto,para que possamos trocar ideias no fim de cada época. Só sabendo os erros que cometemos podemos evitá-los no futuro.

_ScaR_ disse...

E só para terminar a questão dos anónimos o que me indigna é alguma tendência que há,não sei se em todo o país ou se será mais nalgumas zonas como é o nosso caso,de falar bem à frente e mal nas costas. Dessa forma, parece-me incorrecto que os anónimos digam aqui mal de tudo e mais alguma coisa, e depois quando for a altura da verdade não sejam capazes de apontar nada que tenha corrido de forma negativa,pelo simples prazer de se continuarem a queixar de algo.Mas pronto,é um país livre,cada um age como achar melhor.

Anónimo disse...

Afinal Scar,não estamos assim tão em desacordo. A minha ideia de fazer reuniões tem haver com a necessidade de realmente se descutir entre treinadores/directores/responsaveis do clube e pais as condições que temos, e o contributo que cada um poderá dar. Penso que a questão dos anonimos, penso que não é só dos anonimos também os pseudonimos, é pouco relevante o que é importante é que as pessoas sejam responsaveis no seus comentários. Eu costumo ser anonimo, mas não me demito das minhas responsabilidades. Ontem o mini uni, dizia "venham dai as ideias e soluções", por exemplo quais são realmente as necessidades,já alguém fez um levantamento? Depois desse levantamento priorizar as que realmente são urgente, e faziveis dentro das nossas possibilidades. Quando digo isto, penso sobre tudo no inicio da época em que há toda uma azafama em redor de patrocionios, equipamentos, etc... Será que não existe uma meio externo de conseguir as verbas necessárias. Eu posso dizer que há instituições que apoiam o desporto, por exemplo IPJ; Secretaria do desporto e INATEL.penso que é uma questão de se pensar

Ricardo disse...

cá está, vem alguém dar uma pista para ajudar o clube, e ninguém comenta